Refresque o seu browser!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
“A monodocência em Angola é um erro”, considera Ministra da Educação

Artigo

“A monodocência em Angola é um erro”, considera Ministra da Educação

No actual sistema educativo, a 5ª e 6ª classe representam o fim do ensino primário.

Redacção
17/10/2018
“A monodocência em Angola é um erro”, considera Ministra da Educação
Foto por:
DR

A ministra da Educação, Cândida Teixeira, considerou a aplicação da monodocência no sistema educativo angolano como sendo um erro, pelo facto de não terem sido preparados os quadros para o efeito.

A monodocência foi implementada no sistema da educação em 2011, fruto da reforma educativa, e é assegurada por um único professor em todas as disciplinas da 1ª classe a 6ª classe.

A  5ª e a 6ª classes têm nove disciplinas que, em princípio, devem ser asseguradas pelo mesmo professor. Neste sentido, a governante, que falava na terça-feira durante a apresentação da proposta do Orçamento Geral de Estado 2019, segundo a Angop, fez saber que o pelouro está a efectuar um levantamento para posteriormente encontrar-se soluções que concorram para se reverter o quadro.

Cândida Teixeira reconheceu então que os Magistérios Primários criados pelo ministro cessante são uma das soluções para se atingir os objectivos preconizados com a entrada em cena da reforma educativa.

No actual sistema educativo, a 5ª e 6ª classe representam o fim do ensino primário, enquanto no sistema antigo era o início do ensino secundário.

 

Redacção
Colégios de Angola

Somos um Portal de Informação sobre Ensino e Educação, focado na promoção e divulgação das melhores práticas de gestão escolar. E somos uma montra para as empresas e marcas do sector.

1
Catálogo
2
Artigos
3
multimédia
4
agenda