Refresque o seu browser!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Académico considera o alcoolismo uma prática grave e que compromete o futuro do país

Artigo

Académico considera o alcoolismo uma prática grave e que compromete o futuro do país

Pedro Vita falava por ocasião da primeira prova pública para a o provimento de vaga de professor catedrático.

Redacção
22/11/2018
Académico considera o alcoolismo uma prática grave e que compromete o futuro do país
Foto por:
DR

O decano da Escola Superior Politécnica do Cuanza Norte, Pedro Vita, considerou o alcoolismo como sendo uma prática “muito grave” para a sociedade, dado que “compromete o futuro do país”.

O académico falava por ocasião da primeira prova pública para a o provimento de vaga de professor catedrático, realizada nesta quarta-feira, na Universidade Kimpa Vita, afecta à VII Região Académica, em Ndalatando.

O candidato ao provimento, que apresentou uma aula magna que versou sobre o “Alcoolismo e seus impactos em adolescentes dos bairros São Filipe e Tala Hady, no município de Cazengo, nos anos de 2016 e 2018”, na sua dissertação, demonstrou perante o júri as causas e consequências do alcoolismo em adolescentes daqueles bairros do município sede do Cuanza Norte, tendo igualmente apontado propostas de soluções para o problema.

Entretanto, Pedro Vita indicou que a ausência de políticas públicas direccionadas a esta franja da sociedade, como a falta de espaços de lazer, o reduzido número de centros de formação profissional e de escolas nas comunidades para a ocupação dos mesmos faz com que os adolescentes procurem satisfação dessas necessidades em outras vias e o álcool tem sido um dos refúgios.

O mesmo referiu ainda que as bebidas mais usadas por aqueles adolescentes foram as de fabrico caseiro, como a caipirinha, bananal (aguardente de banana), entre outras, tendo a primeira se destacado entre as demais.

No final da apresentação, o júri presidido pelo reitor da Universidade Kimpa Vita, que compreende as províncias do Cuanza Norte e Uige, João Francisco de Sousa Gaspar, conclui como aprovado o trabalho científico.

Fizeram ainda parte do jurado os professores catedráticos Maria Augusta da Silva, Carlos Diakanamwa (antigo reitor da referida universidade) e Joaquim José Sucure, no acto assistido pelo vice-governador para o sector técnico e infra-estruturas do Cuanza Norte, Mendonça Luís, docentes, estudantes e convidados, citados pela Angop.

Redacção
Colégios de Angola

Somos um Portal de Informação sobre Ensino e Educação, focado na promoção e divulgação das melhores práticas de gestão escolar. E somos uma montra para as empresas e marcas do sector.

1
Catálogo
2
Artigos
3
multimédia
4
agenda