Refresque o seu browser!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Governo de Benguela garante mais de 30 novas escolas para este ano

Artigo

Governo de Benguela garante mais de 30 novas escolas para este ano

Poderão abrir ainda este ano pelo menos 35 escolas.

Redacção
31/1/2019
Governo de Benguela garante mais de 30 novas escolas para este ano
Foto por:
DR

Pelo menos 35 novas escolas nos subsistemas de ensino primário e secundário poderão abrir ainda neste ano lectivo, na província de Benguela, perfazendo 383 salas de aula, disse, nesta quarta-feira, no Lobito, o governador, Rui Falcão.

Segundo o governante, que falava na 1ª reunião extraordinária dos Conselhos Provinciais de Concertação Social e de Auscultação da Comunidade, mais 34 mil e 416 alunos deverão ser inseridos no sistema de ensino com a abertura das referidas escolas públicas de diferentes tipologias, tendo destacado que, em 2018, a província de Benguela ganhou 77 novas salas de aula, tendo sido possível integrar mais 6.786 alunos no sistema educativo.

Apresentando aos membros dos referidos conselhos a situação actual da província de Benguela, na vertente da Educação, o responsável assegurou ainda estar em curso o processo de integração de 1.373 novos professores, admitidos por via do último concurso público.

Sobre os processos dos concursos públicos anulados de 2014 e 2016, garantiu ter sido possível, em 2018, voltar a trabalhar nessa matéria, o que permitiu enquadrar 811 novos agentes, dos quais 398 do regime geral e 413 da carreira docente. De fora ficaram 53 agentes por diversas razões.

Igualmente está em curso, segundo a fonte da Angop, a transição de carreira de cerca de 23 mil e 500 professores desta província, ao abrigo do Decreto Presidencial nº 160/18, de 3 de Julho.

No entanto, Rui Falcão assegurou terem sido formados 1513 professores em toda a província de Benguela, no quadro das Zonas de Influência Pedagógica, daí defender que este processo deve ser contínuo para consolidar a formação e uniformizar o conhecimento.

Quanto ao sistema de alfabetização e educação de adultos, foram matriculados 49 mil e 499 alfabetizandos, orientados por 1700 alfabetizadores, mas o governador vê o obstáculo persistente, nomeadamente, a dívida relativa ao subsídio destes.

Redacção
Colégios de Angola

Somos um Portal de Informação sobre Ensino e Educação, focado na promoção e divulgação das melhores práticas de gestão escolar. E somos uma montra para as empresas e marcas do sector.

1
Catálogo
2
Artigos
3
multimédia
4
agenda