Refresque o seu browser!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
PR espera que a nova ministra da Educação seja capaz de trabalhar para melhorar a qualidade de ensino

Artigo

PR espera que a nova ministra da Educação seja capaz de trabalhar para melhorar a qualidade de ensino

O Presidente pretende ver melhoria na qualidade de ensino, com realce para o da Língua Portuguesa.

Redacção
19/3/2020
PR espera que a nova ministra da Educação seja capaz de trabalhar para melhorar a qualidade de ensino
Foto por:
DR

O Presidente da República, João Lourenço, disse esperar que a nova ministra da Educação, Luísa Maria Alves Grilo, seja capaz de trabalhar com os quadros do sector para melhorar a qualidade de ensino, pois que a sua preocupação tem a ver, não só com a melhoria da qualidade do ensino em si, mas também do ensino da Língua Portuguesa.

Falando ontem, em Luanda, numa intervenção durante o acto de tomada de posse dos novos ministros da Educação, Administração Pública, Trabalho e Segurança Social e do Comércio, o Titular do Poder Executivo reconheceu haver um défice no ensino da Língua Portuguesa, e manifestou então ver, nos próximos tempos, melhoria na qualidade de ensino, com realce para o da Língua Portuguesa, por entender que é o veículo, enquanto língua oficial, para a transmissão e absorção do conhecimento de outras disciplinas ou ramos da ciência.

"A Língua Portuguesa é a base para uma boa aprendizagem de outras disciplinas. Estamos com défice de domínio da Língua Portuguesa, que é a língua usada pelo nosso país para seleccionar outras matérias. Agradeço que preste atenção particular a isso e aumente o nível de exigência em todo o sistema de ensino", salientou, na cerimónia decorrida no Salão Nobre do Palácio Presidencial da Cidade Alta, já em meio a regras de prevenção do Covid-19.

Luísa Maria Alves Grilo tomou posse no cargo de ministra da Educação, em substituição de Ana Paula Tuavanje Elias, exonerada na segunda-feira. Ontem, João Lourenço conferiu igualmente posse a Teresa Rodrigues Dias e Victor Fernandes, nos cargos de ministros da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social e do Comércio, respectivamente. Teresa Dias substituiu Jesus Maiato, enquanto Victor Fernandes, nomeado na terça-feira, sucedeu à Joffre Van-Dúnem.

Pedro José Filipe e Maria Cândida Teixeira foram empossados nos cargos de secretário de Estado do Trabalho e Segurança Social (em substituição de Manuel de Jesus Moreira) e de embaixadora de Angola em Cuba, respectivamente.

Redacção
Colégios de Angola

Somos um Portal de Informação sobre Ensino e Educação, focado na promoção e divulgação das melhores práticas de gestão escolar. E somos uma montra para as empresas e marcas do sector.

1
Catálogo
2
Artigos
3
multimédia
4
agenda