Refresque o seu browser!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Programa vai apoiar sistema de ensino superior na produção de conhecimentos

Artigo

Programa vai apoiar sistema de ensino superior na produção de conhecimentos

O programa visa aumentar a diversificação económica e a criação de empregos em sectores prioritários.

Redacção
6/7/2020
Programa vai apoiar sistema de ensino superior na produção de conhecimentos
Foto por:
DR

O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), a União Europeia (UE) e a Agência Expertise France oficializam hoje o Programa de Apoio ao Ensino Superior (UNI.AO), que visa apoiar o sistema de ensino superior angolano na produção de conhecimentos e na promoção da inovação.

O projecto,  financiado pela UE, com um montante de 13 milhões de euros, conforme a nota de imprensa do MESCTI a que a Angop teve acesso, é implementado pela Agência de Cooperação Técnica Francesa Expertise France e teve início em Dezembro de 2019, com fim previsto para 2024.

Destinado à criação de novos cursos de pós-graduação, fundos para investigação e capacitações em áreas relevantes, o UNI.AO visa contribuir na formação de quadros especializados para enfrentar os desafios actuais e futuros do país, e as actividades do projecto mostram plena consonância com a estratégia “Angola 2025”, o “Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN) 2018-2022”, o “Plano Nacional de Formação de Quadros (PNFQ)” e as prioridades estabelecidas no “Programa Indicativo Nacional 2014-2020”, bem como no acordo de cooperação intitulado “Caminho Conjunto Angola-União Europeia”, no qual o ensino superior foi identificado como área prioritária, de acordo com o documento.

O UNI.AO, com apoio directo do MESCTI e às Instituições do Ensino Superior (IES), visa aumentar a diversificação económica e a criação de empregos em sectores prioritários.

O programa comporta três objectivos específicos, nomeadamente, reforçar a governação do ensino superior para que seja promovida a investigação científica em sectores prioritários para Angola, aumentar a especialização e o reconhecimento das instituições de pós-graduação e aumentar a igualdade no acesso à pós-graduação e progressão na carreira para os grupos.

Redacção
Colégios de Angola

Somos um Portal de Informação sobre Ensino e Educação, focado na promoção e divulgação das melhores práticas de gestão escolar. E somos uma montra para as empresas e marcas do sector.

1
Catálogo
2
Artigos
3
multimédia
4
agenda