Refresque o seu browser!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Responsável revela fim das enchentes nas inscrições no ITEL

Artigo

Responsável revela fim das enchentes nas inscrições no ITEL

Em três dias, a escola pública registou cerca de 1.360 candidaturas.

Redacção
9/1/2019
Responsável revela fim das enchentes nas inscrições no ITEL
Foto por:
DR

O sistema inovador de gestão electrónica no Instituto Médio de Telecomunicações (ITEL) tem permitido com que as inscrições decorram num clima de tranquilidade e de excelência, revelou o director-geral da instituição, André Pedro.

Segundo o responsável, com o sucesso deste processo, em três dias, a escola pública registou cerca de 1.360 candidaturas, uma média de 450 por dia, “o que justifica o vazio do átrio e dos corredores”.

Dois funcionários mantêm-se em pé, logo à entrada principal, para indicar os candidatos e encarregados de educação a dirigirem-se às salas de informática, onde decorre o processo de inscrição.

André Pedro informou que o sistema integral contempla a fase de inscrição, selecção dos candidatos, a ficha biográfica do aluno e a emissão de boletins de notas trimestrais e de certificado de habilitações.

Depois da inscrição, a ferramenta electrónica, que observa outros itens, como a idade do candidato, acha uma média aritmética da soma de notas de quatro disciplinas fundamentais da 7ª à 9ª classes, nomeadamente Matemática, Física, Química e Língua Portuguesa.

“O nosso sistema satisfaz os encarregados de educação e os candidatos. Temos pessoas que nunca utilizaram um computador, mas colocámos uma equipa de alunos para apoiar neste processo”, disse o gestor, tendo sublinhado, segundo o Jornal de Angola, que a instituição académica pública tem capacidade para  emitir certificado de forma individual ou em massa, em dois minutos.

“A partir da 10ª classe, o sistema começa a montar a vida do aluno”, explicou, para assegurar que o ITEL não regista enchentes e os alunos finalistas não apresentam problemas, quando recorrem às universidades, para inscrição, por atraso na emissão.

O ITEL utiliza o sistema integrado, há quatro anos, estando, nesta altura, aberto a disponibilizar o software para as demais escolas públicas e sem custos, para permitir um sistema de ensino mais confiante.

André Pedro garantiu que já recebeu solicitações, mas as escolas estatais precisam de uma autorização do órgão de tutela.

“O ITEL já remeteu uma proposta ao Ministério da Educação, no sentido de disponibilizar este software”, informou o gestor escolar.

A instituição, de acordo com o seu director-geral, adoptou este sistema para evitar as reclamações e acabar com as dificuldades na gestão das notas dos alunos. O sistema integrado foi criado com o objectivo de pôr fim à recepção de reclamações e às dificuldades na gestão das notas dos alunos, além de evitar o uso de muito papel e fraude.

Redacção
Colégios de Angola

Somos um Portal de Informação sobre Ensino e Educação, focado na promoção e divulgação das melhores práticas de gestão escolar. E somos uma montra para as empresas e marcas do sector.

1
Catálogo
2
Artigos
3
multimédia
4
agenda